domingo, 26 de setembro de 2010

Tempestade causa mortes e destruição no Haiti

O Globo 26/09/2010

Uma tempestade com fortes ventos causou a morte de cinco haitianos e destruiu quase seis mil tendas de desabrigados pelo terremoto que devastou o país no início do ano.

A tempestade, que parecia um tornado, arrasou as tendas montadas em campos de refugiados e albergues de Porto Príncipe, segundo a diretora de Proteção Civil do Haiti, Alta Jean-Baptiste.

A tormenta também derrubou várias árvores e torres de energia. Jean-Baptiste disse que cinco pessoas morreram, entre elas duas crianças. Pelo menos 50 pessoas ficaram feridas.

Oito meses após o terremoto que sacudiu o Haiti e matou cerca de 300 mil pessoas, a comunidade internacional enfrenta críticas pela lentidão nos esforços para limpar os escombros e realocar os sobreviventes.

Mais de um milhão de pessoas ficaram desabrigadas e vivem até hoje em tendas.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

DOE VITAMINAS E MEDICAMENTOS - M.A.I.S.

A Missão de Apoio à Igreja Sofredora, parceira de JOCUM em projetos no Haiti, está levantando doações para a próxima viagem:


Estaremos embarcando para o Haiti com outra equipe médica dia 25/9. Ainda precisamos arrecadar grandes quantidades das seguintes vitaminas:

Complexo B (comprimidos e suspensão oral)

Sulfato ferroso (comprimidos e suspensão oral)

Complexo vitamínico (comprimidos)

Vitamina C (comprimidos 500 mg e solução oral)

Se você quer nos ajudar, envie-nos qualquer quantidade dessas ajudas no endereço: MISSAO EM APOIO A IGREJA SOFREDORA RUA UBERLANDIA 620 – CARLOS PRATES – BELO HORIZONTE/MG CEP 30710-230 Se preferir enviar sua ajuda em dinheiro, envie-nos um e-mail: contato@maisnomundo.org ou entre em contato pelo telefone 31-9399-2020 (Jônatas Portugal). Desde já, obrigado!

STAFF M.A.I.S.

P.S.: Se você preferir doar outros medicamentos que não vitaminas, pode entrar em contato conosco igualmente. Estaremos felizes em orientá-lo.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Missionário aluno da FDC vai ficar no Haiti por 2 anos

"O Senhor me quer por um bom
tempo servindo por lá"
Rodolpho Bueno, Aluno da Escola de Fundamentos em Desenvolvimento Comunitário e obreiro de JOCUM Belo Horizonte, está se comprometendo a ficar dois anos e meio no Haiti. Ele partiu para o Haiti na terça-feira, dia 31/08. Até dezembro, ele estará auxiliando na escola liderada pelo casal Johan e Jeanette Lukasse, líderes de Jocum-BH, que será dada para cerca de 50 jovens chave das comunidades de Porto-Principe, nas áreas de Desenvolvimento Comunitário, Crianças em Risco, e Liderança e Discipulado.

Você acredita que pode haver uma mudança no Haiti?

Eu acredito que pode haver mudança no Haiti, creio que após o terremoto Deus se revelou de uma maneira diferente ao povo do Haiti, mostrando onde eles devem colocar sua confiança e esperança, ainda não fui para lá, mas os relatos que ouço são emocionantes, creio que aquelas pessoas querem mudar a realidade de seu país e estão buscando isso.

O que você gostaria de ver ao final desta escola, como resultado?

Logo após o terremoto eu vi uma matéria dizendo que para o país ser reconstruído vai pelo menos 10 anos. Meu sonho é ver pessoas construindo suas vidas em valores sólidos e testemunhando as coisas que Deus estará fazendo, com a mesma esperança que estão hoje, e multiplicando isto.
Após esta viagem, você pretende voltar mais vezes ao Haiti? Algum plano a longo prazo?

Quando eu vim fazer a Escola de Fundamentos em Desenvolvimento Comunitário eu orava e pedia para Deus me mostrar o lugar onde Ele me quer por um bom tempo, isso foi bastante reforçado durante a escola, que foca projetos de transformação a longo prazo. A princípio estabeleci estes dois anos, neste meio tempo muita coisa vai acontecer e estou bastante aberto para o que Deus me direcionar, inclusive o de voltar para o Haiti e viver uma vida por lá...
Você tem alguma passagem ou versículo bíblico para o Haiti?

Pouco mais de 6 meses depois do terremoto, uma copa do mundo e mais algumas catástrofes, fiquei bastante triste quando compartilhei sobre minha ida para o Haiti com as pessoas e muitas delas já haviam esquecido do que aconteceu lá. "Aconteceu alguma coisa lá né, um tsunami ou um furacão?"... E orando sobre isso Deus me deu Is 49.15: Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de tí, "Haiti."

E quanto ao seu sustento? Já conseguiu todo ele? Ou ainda está em busca de parceiros?

Graças a Deus o mínimo necessário eu já tenho, mas ainda falta um pouco para chegar ao total mensal que estabeleci como objetivo... falando em valores, estipulei US$500,00 por mês e ainda faltam uns 150.

Caso haja interesse de contato com o Rodolpho, escreva para: rodolphombueno@gmail.com ou contate o Escritório de Jocum-BR para o Haiti (14) 3265-2775 ou renatowong@viladolouvor.org

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Jocum-Br forma um Escritório para auxiliar as equipes do Brasil para o Haiti

Queridos líderes e obreiros,
Visando maior eficácia nos trabalhos desenvolvidos no Haiti após o terremoto que ocorreu no início do ano de 2010, a liderança nacional percebeu a necessidade da criação de uma escritório que assessore as equipes que desejam ir, dando-lhes suporte no preparo da viagem, durante e após o processo. Portanto, no Encontro de Liderança que ocorreu em Junho de 2010, delegou-se esta tarefa para a Vila do Louvor, em Piratininga (SP).
Informamos que, por hora, continuaremos a utilizar o blog jocumbrasilnohaiti.blogspot.com para relatórios de equipes e outras informações, até que se os trâmites para a criação de um blog vinculado ao site nacional sejam concluídos. Além do papel de assessorar as equipes, criar uma agenda com as informações e datas de equipes e manter uma lista de contatos no Haiti, desejamos ter um papel na ajuda de captação de recursos, e um canal para divulgação de trabalhos que estão sendo realizados no Haiti.

Pedimos a todos os líderes de base que colaborem e que nos contatem caso haja o interesse de enviar alguma equipe para o Haiti, ficaremos felizes em lhes auxiliar nesta tarefa.

Atenciosamente,

Renato Wong, Hender Medina, Guilherme Stutz – Escritório de Jocum-Br para o Haiti
- renatowong@viladolouvor.org
- (14) 3265-2775

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

JOCUM Brasil realizará Treinamento para transformação de comunidades.

Oito meses após o terremoto, população
continua vivendo em abrigos improvisados.
A base de JOCUM Belo Horizonte está organizando uma escola em parceria com a missão M.A.I.S., visando treinar 50 jovens chaves das comunidades afetadas pelo terremoto do início de 2010 nas áreas de Proteção à Criança, Liderança / Discipulado e Desenvolvimento Comunitário. Apesar do tema ter saído dos noticiários, a realidade no Haiti ainda é muito difícil e a reconstrução levará décadas, segundo a ONU.
Liderada pelo experiente casal de missionários Johan e Jeannette Lukasse, fundadores e diretores da JOCUM Belo Horizonte, base que existe há mais de 20 anos, concentrada no trabalho com crianças em risco e no treinamento de pessoas para o este tipo de trabalho. A base atualmente encabeça 6 abrigos e casas de apoio, 2 centros comunitários, vários projetos e ministérios e 3 escolas.

A escola está levantando recursos básicos para o acontecimento da escola. Confira uma lista dos itens que precisam ser adquiridosantes e durante a escola. Precisamos de doações para:
- comprar e filtrar água
- comprar alimento (se não encontrarmos alimentos à venda no Haiti, precisaremos ir comprar na Rep. Dominicana);

- fazer banheiros
- imprimir livros
- materiais de sala de aula
- internet
- cadeiras
- transporte dos alunos

Ofertas para a escola:
Bradesco 1203-3
Conta Corrente 40349-0
Em nome de Jovens Com Uma Missão (favor mandar cópia de comprovante e descrição do destino no fax:(31) 3442 7567 ou p/ email:bhcentro@jocum.org.br)

Para maiores informações, entre em contato com bhcentro@jocum.org.br ou pelo telefone (31) 3444-0912.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

 
 
Um mês se passou e nós continuamos aqui, firmes e fortes.


Nós somos a continuação da 3ª equipe que o Brasil enviou para Porto Príncipe - Haiti. Mirela (JOCUM Curitiba-PR) Karlla (JOCUM Cuiabá - Mato Grosso) e Mirna (JOCUM Curitiba-PR). Somos conhecidas aqui como “the brasilians” e nós nos orgulhamos disso.

Deus compartilhou ao nosso coração sobre estender o tempo aqui, e tem sido incrível as coisas que temos passado, as lutas que temos vencido e a forma que Deus tem nos direcionado para caminhar esse tempo nessa nação tão sofrida.

Um mês se passou e nosso amor por esse lugar só aumenta. Temos trabalhado com impactos de rua, evangelismo tenda a tenda, distribuição de alimento, trabalho fisioterápico, construções em casas que caíram e auxilio a base que está sendo gerada aqui em Porto Príncipe.

Nos últimos 4 dias viajamos para as montanhas, a qual trabalhamos com uma igreja bem simples porem apaixonante. Auxiliamos na extensão do templo e trabalhos com evangelismo em escolas locais.

Imergimos na cultura da vila das montanhas e foi um tempo precioso de relacionamento. Tivemos a oportunidade de conversar com os jovens sobre sonhos e possibilidades. Em especial um jovem depois de uma conversa bem especifica sobre o grande poder que ele tem em suas mãos, o jovem saiu decidido a sair da própria zona de conforto para fazer parte da grande restauração que o Haiti está vivendo.

Temos pregado de varias formas que não estamos aqui só para dar comida e coisas. Mas para abrir os olhos das pessoas sobre o seu papel fundamental na mudança de toda uma historia de vida.

Temos mais um mês a nossa frente, e muitas expectativas para serem superadas.

Jesus está aqui, impossível não senti-lo.



Mirna N. de Alencar (JOCUM- Curitiba)